Aconchegando amor.
Tem livros, risos, café, cafuné e amor.

Home Mensagem Arquivo Theme


"Quando eu tinha 17 anos, li uma frase que era algo assim: “Se você viver cada dia como se fosse o último, um dia ele realmente será o último.” Aquilo me impressionou, e desde então, nos últimos 33 anos, eu olho para mim mesmo no espelho toda manhã e pergunto: “Se hoje fosse o meu último dia, eu gostaria de fazer o que farei hoje?” E se a resposta é “não” por muitos dias seguidos, sei que preciso mudar alguma coisa. Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo — expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar — caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder." - Steve Jobs.  (via procenio)
|
"Eu gosto de tudo que começa. Eu gosto do número 1, do início, do começo. Gosto de tudo que nos tira do ponto 0. Tudo que anda, tudo que vai para a frente. Não gosto de ficar parado, é sedentarismo demais. Eu gosto de começar a correr atrás, de ir atrás. Por que ainda sismo em pensar que tudo que começa, nunca acaba." - Nando Reis.
|
"Eu estive sozinho mas raramente solitário. Eu satisfiz minha sede no poço do meu eu, e esse vinho era bom, o melhor que já provei. E hoje de noite, sentado, olhando pra dentro do escuro, eu agora finalmente entendo, o escuro e o claro, e tudo que há no meio. Paz de espírito e coração chega quando aceitamos o que é: tendo nascido nesta vida estranha precisamos aceitar a aposta vã de nossos dias, e sentir alguma satisfação no prazer de deixar tudo para trás." - Charles Bukowski.
|
|
 

 

"Um dia, você vai aprender uma coisa que não pode ser explicada pela ciência. E quando isso acontecer, sua vida vai mudar de uma maneira que você não pode sequer imaginar." - Nicholas Sparks.
|
"Meu último relacionamento durou bem pouco tempo. Conheci ela no corredor do ônibus, quando o semáforo ficou vermelho. A minha janela deu certinho para a dela. Ela vestia uma camiseta preta do Axl Rose e um chapéu de jazzista, nada de maquiagem. Eu tinha a cara enfiada num romance policial. Eu olhei, ela me viu. Eu desviei, antes da garota se dissuadir também. Voltamos a nos analisar. E sorrimos, inevitavelmente. Ela fez um biquinho doce e teatral com os lábios, sinalizando a vontade de um beijo inocente. Num raro lampejo de maturidade, botei a língua pra fora, girando a pontinha rugosa e pigmentada num movimento pseudo-sexy. Ela riu, baixou levemente o cenho, me achando pateta. Eu me estufei de orgulho por alargar aquele riso. O semáforo abriu e a gente parou de se ver. Ainda entornei o dorso para uma última olhada por cima do ombro. Não ia dar certo mesmo. Estávamos em lugares diferentes da relação, vivendo em direções opostas, a coisa andava rápida demais entre nós, e acho que as amigas dela não gostavam de mim. Mas foi bom e inesquecível, enquanto duraram os trinta segundos" - Gabito Nunes.
|
"Minha vida mudou muito nos últimos anos. Eu mudei muito nos últimos anos. Mudei sem oferecer a menor resistência. Mudei sem me surpreender com as mudanças. Elas simplesmente apareceram, aconteceram, me invadiram e se instalaram. Então, eu finalmente me senti em casa dentro de mim mesma. E hoje, mais do que nunca, sinto que não devo nada para ninguém. A gente demora demais para se livrar de pesos e culpas. Mas um dia, finalmente, a gente acorda. E descobre que tem uma vida inteirinha pela frente." - Clarissa Corrêa.
|
"O amor é eterno." - 1 Coríntios 13:8.
|
"Esta é minha ultima vontade em testamento. Não tenho muito pra deixar, algumas posses e pouco dinheiro. Vou deixar esse mundo da mesma maneira que cheguei, só e sem nada. Tudo que tenho é minha história e estou escrevendo enquanto me lembro." - O curioso caso de Benjamin Button.
|
"Vamos juntos, porque eu cansei de ir sozinha. Vamos além, porque eu cansei de ir até onde o braço alcança e os olhos enxergam. Vamos indo, sem ter para onde ir, porque os destinos marcados sempre me decepcionaram. Mas vamos juntos, sim, juntos, essa é a parte que importa. Vamos com você reclamando da minha mania de ler todas as placas e eu dramatizando o seu jeito disperso. Vamos com a bagagem de mão, porque o peso nas costas dessa vida sua, minha e nossa, cansou demais. Pensar também cansa, por isso vamos somente com o coração, esqueça a cabeça por aí, até em mim, se quiser. Vamos juntos simplesmente porque eu cansei da solidão, e é fria a noite mesmo que os termômetros me desmintam. É fria a cama e é quente a saudade. É fria minha espera e é quente o meu amor. É frio o caminho solitário. Vamos juntos, eu quero ver o gelo derreter." - Camila Costa.
|

1 2 3 4 »
Theme:
SILENCIAR